Repsol Sinopec alcança produção média diária de mais de 65 mil boe
Em meio a um cenário de queda na produção brasileira de petróleo e gás, a Repsol Sinopec registrou um aumento da produção média diária de aproximadamente 5 mil barris de óleo equivalente (boe) de fevereiro para março de 2016. No último mês, a média de produção da Companhia foi de mais de 65 mil boe por dia, sendo cerca de 59,5 mil de Sapinhoá e 6,5 mil de Albacora Leste.
 
O campo de Sapinhoá está localizado no bloco BM-S-9, no pré-sal da Bacia de Santos, e produz aproximadamente 240 mil boe por dia, através da FPSO Cidade de São Paulo e da FPSO Cidade de Ilhabela.
 
Na parte Sul de Sapinhoá, a produção se dá por meio da FPSO Cidade de São Paulo, que já se encontra em seu platô de produção (135 mil boe, sendo 120 mil barris de petróleo diários (bpd) e 150 milhões de pés cúbicos de gás por dia). Na parte Norte, a produção é feita pela FPSO Cidade de Ilhabela (atualmente em 104 mil bpd de óleo, mas com capacidade para 150 mil bpd por dia). 
 
O aumento de produção em 2016 também estará vinculado ao campo de Lapa, igualmente localizado no bloco BM-S-9, que tem previsão de entrar em produção no segundo semestre de 2016. 
 
Com essa média de produção, a Repsol Sinopec mantém o terceiro lugar no ranking de produtores do Brasil.