Repsol Sinopec apoia projetos de inclusão social e esportivos
Em 2016 a Repsol Sinopec Brasil passa a patrocinar mais um novo projeto de inclusão social, o programa esportivo do Instituto Superar. O projeto visa à formação de atletas paralímpicos e conta com a participação de esportistas que representarão o Brasil nas paralimpíadas Rio 2016. O patrocínio busca fortalecer o esporte paralímpico.
 
 
Além do novo patrocínio, a companhia renova o investimento na Escola de Música da Rocinha (EMR) que promove atividades musicais contribuindo para o desenvolvimento de crianças e jovens carentes, ampliando suas experiências culturais e sociais. O projeto atende a 100 crianças, adolescentes e jovens entre 7 e 29 anos de idade da comunidade da Rocinha. 
 
Em 2016, a Repsol Sinopec também continua patrocinando as velejadoras Fernanda Oliveira e Ana Barbachan, competidoras da classe 470, já classificadas para as olimpíadas Rio 2016.
 
Além desses patrocínios por meio da Lei de Incentivo ao Esporte e Lei de Incentivo à Cultura (Rouanet), em 2016 a companhia segue com seus projetos de responsabilidade social: o programa Plataforma Educativa Repsol Sinopec, que completa sete anos atendendo à comunidade pesqueira, o Sarau Repsol Sinopec, que chega à sua 10ª temporada, e o Programa Costa Atlântica, em parceria com a Fundação SOS Mata Atlântica.