Poço de Sapinhoá é o de maior produção no país
Campo de Sapinhoá está localizado no pré-sal da Bacia de Santos
 
Segundo o Boletim de Produção de Petróleo e Gás Natural da ANP, o poço 7SPH5SPS, conectado à FPSO Cidade de São Paulo, instalado no Campo de Sapinhoá, foi o de maior produtividade no país em fevereiro, com produção média de 34.869 barris de petróleo por dia (bpd).
 
Foto: Simon Townsley
 
O campo de Sapinhoá está localizado no bloco BM-S-9, no pré-sal da Bacia de Santos, e atualmente produz cerca de 190 mil barris de óleo equivalente (boe) por dia, com cinco poços produtores conectados à FPSO Cidade de São Paulo e outros dois conectados à FPSO Cidade de Ilhabela. 
 
A operação do bloco BM-S-9 tem Repsol Sinopec Brasil, Petrobras (operadora) e BG como sócias. 
 
 
 
 
Companhia aprova ações do Plano de Sustentabilidade 2015
Reunião do Comitê de Responsabilidade Corporativa foi realizada no dia 6 de março
 
Em reunião realizada no dia 6 de março, o Comitê de Responsabilidade Corporativa da Repsol Sinopec Brasil aprovou as ações para o Plano de Sustentabilidade 2015 e reportou o encerramento do Plano de Sustentabilidade 2014. Para este ano, 34 ações foram propostas. Com relação a 2014, das 33 ações postas em prática, 22 foram totalmente realizadas, 10 estão em progresso e uma foi cancelada.
 
Para elaborar o Plano de Sustentabilidade, soma-se ao planejamento estratégico da companhia um estudo de expectativas realizado junto às partes interessadas, a fim de identificar as questões mais relevantes sobre as quais a empresa precisa agir. Tais expectativas foram classificadas com base na norma ISO 26000 (Orientações sobre Responsabilidade Social) e guiam as ações propostas por todas as áreas da companhia nas matérias de Direitos Humanos, Práticas Trabalhistas, Segurança, Meio Ambiente, Práticas Operacionais Justas, e Envolvimento e Desenvolvimento Comunitário. 
 
Os temas Envolvimento e Desenvolvimento Comunitário e Práticas Trabalhistas foram os mais relevantes para a proposição das ações nesses dois anos, refletindo um olhar atento da empresa para o bem estar tanto da comunidade quanto de seus funcionários. Entre as ações desenvolvidas no decorrer de 2014, destacam-se a implantação de um plano de ação para a melhora do clima laboral, o incentivo à associação de empresas internacionais com empresas locais brasileiras, a continuidade do desenvolvimento das comunidades das regiões de influência da companhia e o apoio a projetos de meio ambiente em parceria com ONGs do setor. 
 
Presente de forma transversal em todas as áreas da Repsol Sinopec Brasil, a responsabilidade social está amparada por um modelo de gestão corporativo que compreende os compromissos adquiridos, os sistemas de coordenação e os órgãos de governança. Os princípios orientadores sobre empresas e direitos humanos e o Pacto Mundial das Nações Unidas (ONU), dos quais a companhia é signatária, oferecem um referencial reconhecido internacionalmente para a melhora constante da gestão da responsabilidade corporativa.   
 
Para conhecer o Plano de Sustentabilidade 2014 em detalhes, acesse este link. As ações propostas para o Plano de Sustentabilidade 2015 estarão disponíveis nas próximas semanas.
 
 
 
 
Plataforma Educativa Repsol Sinopec chega a Macaé
Programa ficará na cidade até o dia 8 de maio
 
Após realizar os cursos de "Processamento de pescados" e "Cultivo de mexilhões", além de promover ações ambientais e sociais em parceria com a Prefeitura de Niterói, a Plataforma Educativa Repsol Sinopec voltou para a estrada e se dirigiu para Macaé, também no Rio de Janeiro. Na cidade, o programa oferecerá os cursos "POP - Pescador profissional" e "Processamento de pescados". Também promoverá, em parceria com a Prefeitura, as palestras "Direitos do consumidor" e "Cuidados com a saúde do pescador". 
 
Todas as atividades são gratuitas. Para realizar a inscrição, basta ir até a unidade móvel do programa – que está localizada Rodovia Amaral Peixoto s/nº, na Praça dos Navegantes (em frente à Rádio Costeira), na Barra de Macaé – entre as 9h e as 17h e fazer a matrícula.
 
Foto: Getty Images / Rafael Neddermeyer
 
Em seu sexto ano de atividades, a Plataforma Educativa Repsol Sinopec é uma iniciativa que leva qualificação profissional e cidadania às comunidades litorâneas. Já percorreu cerca de 70 mil quilômetros e atendeu a mais de 12 mil pessoas de 18 cidades de Rio de Janeiro, São Paulo e Espírito Santo. O programa opera por meio de um sistema itinerante, no qual as aulas são ministradas em uma unidade móvel de 12 metros de comprimento, equipada com computadores e kit multimídia, com capacidade para até 25 alunos por turma.
 
Também fazem parte da grade do programa os cursos "MAC – Marinheiro auxiliar de convés", "MAM – Marinheiro auxiliar de máquinas", os dois em parceria com a Marinha, "Mecânica preventiva de motores" e "Gestão de resíduos em embarcações".
 
De Macaé, onde fica até 8 de maio, a Plataforma Educativa segue para São João da Barra, e então para, Búzios, Cabo Frio, Ubatuba, São Sebastião e Ilhabela.
 
Cronograma para Macaé
13/4........................... Palestra sobre direito do consumidor
14/4........................... Palestra sobre cuidados com a saúde do pescador (Secretaria de Saúde)
15 a 17/4.................. Curso de "Processamento de pescados"
20 a 24/4.................. Ações da prefeitura com cronograma a definir em reunião que teremos ainda esta semana.
27/4 a 08/05............ Curso "POP – Pescador Profissional"
 
 


 
Repsol Sinopec recebe certificação Top Employer
Certificado atesta a excelência da companhia nas condições oferecidas aos empregados
 
Em cerimônia realizada no dia 10 de março em São Paulo, a Repsol Sinopec Brasil recebeu o certificado Top Employer 2014. A certificação, promovida pelo Instituto Top Employers, presente em 99 países, é concedida a empresas que apresentam excelência em suas práticas relativas à gestão de pessoas.
 
"Esta certificação é fruto do trabalho de todos os profissionais de Recursos Humanos da Repsol Sinopec. Ficamos felizes porque reforça nossa cultura de valorização no nosso maior ativo, as pessoas. Acredito que um dos nossos principais diferenciais são os investimentos em treinamento e desenvolvimento profissional, além de ações como programas de mentoring", diz Daniele Carestiato, gerente de Gestão de Pessoas da companhia.
 
 
Durante o processo de certificação, a empresa responde a um questionário que cobre 585 práticas de RH. Após a validação das respostas e a avaliação das evidências enviadas, uma empresa externa, no caso a Grant Thornton, audita todos os processos e sistemas.
 
 
 
 
Repsol Sinopec apoia campanha do Dia Mundial da Água 
Ação foi organizada pela Fundação SOS Mata Atlântica
 
A Repsol Sinopec Brasil apoiou a campanha do Dia Mundial da Água, celebrado no dia 22 de março, promovida pela Fundação SOS Mata Atlântica. De 19 a 22 de março, um destaque na página inicial da companhia conduzia o internauta direto para a página da campanha da Fundação. O mesmo acontecia na página da Repsol Sinopec no Facebook.
 
 
O objetivo foi aproveitar a data para esclarecer uma questão importante, mas muitas vezes esquecida: a importância das matas na proteção da água e também para pedir apoio para os projetos em defesa das matas, rios e corpos d'água do Brasil.
 
A Repsol Sinopec Brasil é parceira da Fundação SOS Mata Atlântica nos programas "Costa Atlântica", que apoia projetos de conservação do patrimônio natural e cultural das zonas costeiras e marinhas do país, "A Mata Atlântica é Aqui", projeto itinerante de educação ambiental que, por meio de diversas atividades, difunde comportamentos éticos para com a natureza, e "Florestas do Futuro", que recupera matas ciliares em cinco bacias hidrográficas importantes para a produção de água e conservação da biodiversidade.
 
 
 
 
Fernanda Oliveira e Ana Barbachan terminam na quinta colocação em Palma de Mallorca
Velejadoras foram as brasileiras mais bem colocadas na classe 470
 
A dupla de velejadoras olímpicas Fernanda Oliveira e Ana Barbachan, patrocinadas pela Repsol Sinopec, terminaram o Troféu Princesa Sofia, disputado de 28 de março a 4 de abril em Palma de Mallorca, na Espanha, na quinta colocação da classe 470. Com o resultado, Fernanda e Ana seguem firmes para serem as representantes brasileiras na classe 470 nos Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro, assim como ocorreu nas Olimpíadas de Londres em 2012, quando terminaram na sexta posição.
 
Foto: Bernardí Bibiloni
 
O próximo desafio da dupla será a etapa da Copa do Mundo em Hyères, na França, disputada de 20 a 26 de abril.